lilianapeixinho@gmail.com

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Desafios no front



Por: Liliana Peixinho
Prestei tanta atenção ao discurso de Obama que o pouquinho que cochilei, depois do ouvi-lo até o final, passei sonhando com ele, ao meu lado, com um cajado, percorrendo caminhos, em desafios da Vida, com harmonia. E a Michele, junta, com me
ninas e meninos. Eita sonho que não vou esquecer! E o melhor de tudo é acordar agora e ter certeza da sua vitória, em manchetes de jornais.

Escrevi esse texto antes de Obama entrar no palco, onde discursou, remontando desafios históricos de uma nação que pratica o compromisso, a cidadania, o trabalho... para correr atrás de sonhos.
Em meio a sofrimento pelas consequencias da furiosa tempestade Sandy o eleitor, no frio e alguns até sem luz, foi as urnas, gastar cerca de meia hora, para votar, sem ser obrigado, do presidente ao xerife. Dá gosto ver um povo assim, lutando para garantir direitos conseguidos a sangue, suor e lágrimas.

Passado o desafio histórico racial, a reeeleição de Obama agora, representa uma esperança nos desafios de Política horizontalizada, onde o Poder possa ser compartilhado como instrumento de transformações para o salto qualitativo da vida. A Michele deu exemplos com fatos cotidianos, como a boa alimentação. Exigir que o americano seja obrigado a pagar um plano de saúde é nivelar por cima, pois certamente as condições para isso estão no planejamento dos desafios: desemprego, habitação, corte na isenção de impostos dos ricos, educação integral, infraestrutura, intercambio, homogeneidade planetária. A diferença entre Obama e Romney pode ser sentida no comportamento. Passados por volta de uma hora da certeza da vitória de Obama, o Romney ainda não tinha aparecido para reconhecer a derrota, publicamente. Obama, com certeza, prevenido, deve ter pensado e escrito os dois discursos, pra não deixar o povo perder tempo. Elemento que o Obama valoriza como trabalhador do eleitor. O abraço de Obama com Michele, é bem representativo de desejos como harmonia, sensibilidade, civilidade, respeito. O mundo pode ficar melhor com esses valores. Viva Obama!.
She voted for him for the same reason she married him—his character. Cast your ballot for President Obama today:http://OFA.BO/6C7yC7
4

Nenhum comentário:

Postar um comentário